Desfazendo amizades
créditos: AdobeStock

Desfazendo amizades

Estamos no tempo dos extremos. Nada passa despercebido e tudo o que falamos vira argumento. Claro que a grande patrocinadora desta fase atual é a rede social, que possibilitou que as pessoas expressassem sua opinião mais facilmente, abrindo caminho para grandes críticas ou apoio em massa.

Munidos de smartphones com câmeras poderosas, todos os momentos são registrados, inclusive as vaciladas alheias, os atos ilícitos e qualquer coisa que antes gostaríamos de ocultar.

O grande problema disso tudo é a intolerância, a falta de respeito com a opinião alheia, o chamado direito de liberdade de expressão. Vivemos um conturbado período político, no qual o governo presidencial é acusado de tantas aberrações que não caberiam aqui.

As pessoas se manifestam em suas redes. Sim, suas! Tem gente que se acha no direito de ofender amigos e conhecidos por causa da sua orientação política. Antes o tal racismo era entre negros, homossexuais, religiosos. Agora a política também faz suas vítimas.

Cansei de ler no feed de amigos que “fizeram uma limpa e tiraram quem não tinha seus ideais políticos das amizades”. Então para eu ser seu amigo preciso defender suas ideias? Preciso querer a mesma coisa que você? Preciso, então, achar a sua namorada linda? Mas e se você não gostar disso, digo, de eu querer a sua namorada também? Afinal, precisamos dividir nossas ideias, não podemos pensar divergentemente!

Vou contar um exemplo fora da política. Uma grande amiga minha, bem abastada e cheia de recursos, costuma viajar pra Nova Iorque para alguns "simples" eventos. Vaidosa e muito bonita, ela deixou a filha com os pais e deu um pulinho na Big Apple para conferir um desfile de alta costura de pele (ainda existe isso, sim) de uma marca famosíssima.

Idealismos à parte, já que sou contra o uso de peles devido à matança de animais por vaidade, poucas pessoas têm essa oportunidade. Quando ela postou umas fotos do desfile (no qual eu daria muita coisa para estar), algumas amigas chegadas criticaram com ícones negativos. E, em geral nesses casos, tem sempre alguém que se supera. Uma das nossas melhores amigas em comum fez críticas brutas e até colocou um link com um texto e fotos de animais abatidos para o uso de pele. O caso criou força e por ora desfez a amizade, além de um rebuliço entre conhecidos.

É... estamos no tempo da impaciência, de desfazer amizades por ideais, de deixar nossos irmãos e parentes de lado porque não compartilham nossas ideias. Sou totalmente contra isso, jamais quero deixar um amigo ou o meu irmão que amo tanto por causa de opiniões contrárias.

Mas muitas vezes não depende de nós, as pessoas é que não nos querem por perto - ou nosso feed, principalmente. Quem sabe você está lendo isso e se identificando com aquele que desfaz as amizades por ideais. Entenda que isso não é uma crítica a você, mas ao tempo da intolerância que estamos vivendo, da frivolidade, da instantaneidade. Quem sabe o fundamental ainda é manter laços, admirar um ator mesmo que ele defenda o governo, apreciar uma obra tampouco o artista seja nosso colega de partido. No fim, acho que todos ainda se abraçarão...

 

 

Mariana Goulart



Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa afiliados Área do parceiro Publicidade Imprensa Contato RSS