Papo de mulher e papo de homem
créditos: Pixabay

Papo de mulher e papo de homem

As mulheres costumam se chatear facilmente com algumas coisas. Principalmente entre elas. Os homens reclamam quando são afetados nestes momentos, ainda que não estejam no meio do turbilhão. Talvez a irmandade masculina não seja apegada a alguns sentimentos, mas as mulheres são e este texto vai falar sobre isso.

As fofocas das mulheres são marcantes no mundo feminino. Até mesmo as melhores amigas fazem fofoca umas das outras. Falar (tanto com o intuito de conversa, como no modo pejorativo) é uma característica das mulheres. Os homens já agem de maneira diferente. Falam de alguém que os aborrecem, de um problema ou quando querem a opinião de alguém. Dificilmente se vê um homem por aí falando mal do outro, só porque está em um dia difícil (o que no mundo feminino poderia ser uma TPM). A não ser que uma mulher esteja difamando alguém que nitidamente está sendo injustiçada, não se assuste ou julgue prontamente. Pode ser apenas um desabafo.

No mundo dos negócios é comum omitir muitas informações. Muitos dizem que é por causa da energia, do mau olhado. E prega-se que a melhor maneira de prosperar em algum empreendimento é manter a boca fechada. De fato, uma verdade.

Não sei ao certo se é assim no mundo masculino, mas as mulheres se ofendem se nos seus grupos de amigas algo assim acontece. Se alguém está planejando algo (pode ser uma viagem, um negócio ou uma festa) e não abre o jogo para as amigas, pelo menos para as mais chegadas, vai dar rolo! É como uma traição. Uma grande e imensa pisada na bola. Demonstra falta de confiança.

No entanto, uma coisa homens e mulheres têm em comum: falar dos parceiros. Nós sabemos que os homens falam entre si sobre suas amadas. Falam mesmo, reclamam, apontam coisas negativas. As mulheres também reclamam, falam de tudo que os homens não fazem em casa, da bagunça, das roupas jogadas, de passarem o tempo todo sentados no sofá enquanto a casa ferve.

A grande diferença é que, no final, as mulheres, após esgotarem suas listas de advertências, colocam seus amados parceiros em um pedestal, descrevem suas qualidades e finalizam com as boas ações. Já os homens, pelo que ouvi por aí, não fazem questão de evidenciar os pontos positivos das mulheres. Guardam o melhor para si, sem fazer muita propaganda. Quem será que está certo nessa história? Existe um certo ou errado?

Analisando as atitudes, é nítido que as mulheres são oscilantes em seus sentimentos. Se alguém falar mal, que seja ela. Se alguém tem novidades, é preciso que conte. São imposições diárias, confesso, cansativas. Homens são mais práticos, mais diretos, sem muito blá blá blá. Mas ainda que as mulheres pareçam muito mais complicadas, é melhor (e mais seguro) respeitar essas situações.

Homens inteligentes nem discutem com suas parceiras, amigas ou familiares sobre quem está certo, sobre qualidades femininas e masculinas, sobre estar magoado porque um amigo não contou sobre seu novo negócio. Eles escutam, expressam seus pontos de vista sem impor a opinião e ainda dão aquele ombro amigo.

Como mulher, preciso defender minha classe. Mesmo que eu ache as atitudes dos homens muito mais fáceis, me sinto ofendida com tudo que citei acima. Também sofro com fofocas, fico triste quando alguma amiga omite algo de mim e gosto de falar sobre o meu marido, sabendo que ele fala de mim sem falar da parte boa (como todos).

São as diferenças da vida, coisas que a deixam melhor a cada dia, que nos fazem lutar por nossos amores e seguir em frente. Sigamos aprendendo!

 

Mariana Goulart



Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa afiliados Área do parceiro Publicidade Imprensa Contato RSS