Respeite o poder feminino

Respeite o poder feminino

                               Getty Images



Cada vez mais as diferenças de comportamento entre homens e mulheres são menores.

Dizer, por exemplo, que somente os homens evitam as mulheres carentes, grudentas e que pegam no pé não é uma verdade, pois um homem que tenha estes mesmos comportamentos também será rechaçado por elas. Assim como dizer que somente os homens não gostam de mulheres feias, também é pouco atual, pois as mulheres estão bem exigentes também no quesito beleza.

Antigamente pensava-se que a ´Amélia´ é quem era mulher de verdade. Hoje em dia, no entanto, quem quer alguém a seu dispor o tempo todo? Os homens querem exercer seu poder de conquista e se, com a mulher que está sempre à disposição, não terão esta oportunidade.

O que podemos dizer é que, no geral, os homens não querem mais uma santa a seu lado. Isto é muito antigo. Foi o tempo em que as mulheres se contentavam em cuidar dos afazeres domésticos e esperar o marido com a janta pronta e a cueca lavada (e passada).

A busca hoje é por uma companheira interessante, uma pessoa que se cuida, bem-humorada, inteligente, íntegra e que na cama seja solta e disposta.  O que hoje apavora a grande maioria do público masculino é exatamente o contrário: a mulher travada, crítica, controladora, que só pensa na família, nos protocolos e na vida segura, sem ousadia.

Queremos aventura – de chata já basta a rotina de trabalho e contas a pagar. A mulher que não consegue proporcionar momentos divertidos e ousados provavelmente estará fora da relação logo logo, ou pior: verá seu parceiro buscar em outra aquilo que ele não tem em casa.

É lógico que ainda existem muitos homens machistas, daqueles que franzem o nariz quando veem uma mulher expressando um lado mais sedutor, por exemplo. Inseguros, eles investigam seu passado e exigem que a moça tenha tido pouca experiência, ou nenhuma, antes de conhecê-los. Sim, eles ainda existem, mas este tipo de homem está caindo em desuso e, com o tempo, não terá mais espaço em nossa sociedade.

Outro fator que devemos considerar é que atualmente as mulheres estudam mais que os homens e, por isso, não é raro encontrá-las em uma posição profissional mais promissora. Conviver com o sentimento de inferioridade pode ser insuportável para quem sempre esteve acostumado a se sentir por cima. Portanto, controle-se e respeite  reconheça o alcance do sucesso feminino.



Sergio Savian



Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa afiliados Área do parceiro Publicidade Imprensa Contato RSS