Terminei, e agora?

Terminei, e agora?

                                                                                                                            Getty Images


O Dia dos Namorados é comemorado neste fim de semana no Brasil e, apesar do clima romântico, tem muito marmanjo por aí querendo passar o domingo livre de uma companhia – principalmente se esta companhia tornou-se chata, monótona ou até mesmo insuportável nos últimos tempos.

Em entrevista para o Guia da Semana, o autor Sérgio Savian fala justamente sobre isso: o término de um relacionamento e as principais dificuldades que os homens sofrem neste período. Leiam abaixo a resposta do terapeuta às perguntas mais frequentes.


EMOCIONAL
Quais as principais dificuldades de um homem após o término de um  relacionamento?
Depende muito de como ele saiu da relação, se foi uma decisão sua ou não. Isso faz grande diferença. Como 80% dos divórcios são requisitados pelas mulheres, podemos concluir que, na maior parte das vezes, eles é que são abandonados. E o sentimento de quem é rejeitado nunca é bom.

Como organizar o tempo e não sentir falta do relacionamento?
No início é importante que o homem converse com amigos e interaja socialmente. Muitas vezes há a necessidade de uma terapia de apoio. Assim, a recuperação é mais rápida. Esportes, cultura e o desenvolvimento de hobbies também ajudam nesse momento.

O que fazer quando a fraqueza bater?
A família costuma desempenhar um papel importante neste momento. O apoio emocional é fundamental para não cair em depressão ou fazer alguma burrada.

Como fazer no caso dos filhos?
Os filhos merecem atenção especial. Deve-se fazer de tudo para que as desavenças do casal atinjam-nos o mínimo possível. Neste sentido, é essencial que você converse com eles, explicando que a separação não vai afetar seu amor e sua presença na vida deles. É importante que eles saibam que podem contar com você sempre.

Quando saber que não vale mais a pena tentar?
Se, depois de conversar muito, de tentar outras maneiras de se relacionar, fazer terapia, orar, meditar, perceber que nada muda, é muito comum que um dos dois jogue a toalha e desista da relação de uma vez por todas.

Quais as dicas para retomar as antigas amizades?
Hoje em dia, com as redes sociais, está mais fácil localizar alguém na internet. Por outro lado, o momento também exige que você se abra para novos contatos. De uma forma ou outra sua vida afetiva e social precisam ser retomadas.



APARÊNCIA
Melhorar o visual ajuda na conquista?
É comum as pessoas desleixarem a aparência quando estão casadas. Ao separar-se é bom acertar o passo com a moda e dar um tapa no visual. Isso vai ajudá-lo a sentir-se melhor, além de mais atrativo.

A academia ajuda a arejar a mente ou o negócio é se jogar no trabalho?
Os exercícios físicos, além de fazer bem à saúde, devolvem a você um corpo mais definido. Agora que você está separado, isso será levado em conta nas suas novas conquistas.

Escolher uma atividade nova é uma boa alternativa?
Sem dúvidas. Buscar novas atividades - quer sejam esportivas, culturais, solidárias ou intelectuais - vai ajudá-lo a expandir não só seus conhecimentos, mas sua rede de contatos.


CONQUISTA
Como voltar à caça?
Isso vai depender do seu apetite. Pode ser que você esteja um tanto enferrujado na arte da conquista. Para isso, hoje você encontra especialistas como eu, que ensina homens a como se darem bem em suas paqueras. Pode ser que você esteja faminto, aí deve tomar cuidado para não ir com muita sede ao pote e acabar com mais problemas do que soluções.

Devo recorrer ou não aos antigos contatos femininos?
Pode até ser, mas quase sempre os antigos contatos já estão em outro canal, não estão disponíveis. Seja mais criativo que isto. Exercite-se no momento presente!

Quais as dicas para se dar bem na hora da conquista?
Use as redes de relacionamento. Saia de casa. Vá a lugares onde as mulheres estão. Seja estratégico nisso. Aceite convites para festas, eventos, lançamentos, estreias, congressos, cursos. Ali você pode conhecer alguém interessante.

Como deixar claro que você quer curtir com uma pessoa, mas não quer nada sério?
Hoje em dia é possível ser claro neste sentido, são muitas mulheres que topam um encontro casual. Todavia, grande parte delas ainda espera um comprometimento. Entre um papo e outro, solte algumas dicas que a farão entender que você não está em busca de nada sério – pelo menos não neste instante. Ela vai entender sua posição e, tomara, respeitá-la. Não prometa nada só porque ela está pressionando. Diga a verdade: você se separou há pouco tempo e precisa ir devagar. Fale isso com jeito, quem sabe ela entenda.

Devo optar por quantidade ou qualidade?
Depende de como você está sentindo e pensando este novo momento. Cada homem age de uma maneira, dependendo de como foi o término do relacionamento e do que isso envolveu. Alguns precisam de mais tempo para se sentirem bem e ir à luta. Outros preferem afastar a depressão o quanto antes e conquistar o maior número de parceiras possível. Pode ser que você queira cair na gandaia, talvez esteja precisando disso. Pode ser que almeje um novo amor. Não há uma receita que valha para todos.

Como saber se está cedo pra começar um relacionamento ou se ainda é melhor dar um tempo?
Só você é quem deve decidir isto. A referência deve ser sua. Mas isto exige autoconhecimento para saber o que você quer e o que não quer, senão sempre estará propenso a obedecer as ordens dos outros.



MÍDIAS SOCIAIS
Devo deletar o contato com a ex ou manter?
Depende de como você quer prosseguir com ela. Se você acha que pode ser seu amigo, mantenha-a, mas deixe claro para ela que o está fazendo. É fundamental que os dois estejam conscientes que o relacionamento acabou. Se um dos dois não tiver isto claro e continuar atuando e interferindo na vida do outro, é melhor que não pertençam ao mesmo grupo na rede. Ali, é muito fácil ser vítima de fofocas e/ou más interpretações.

As indiretas pelas mídias sociais ajudam ou atrapalham? O que fazer caso receba alguma?
Indireta é quase sempre ruim. É a coisa não falada, sugerida, muito perto do veneno, da ironia ou da fofoca. Já, quando se trata da paquera, as indiretas podem funcionar bem, pois criam uma indefinição, um mistério que pode ser sedutor.
 


Sergio Savian



Sobre o Bella Politica de Privacidade Política de Cancelamento Programa afiliados Área do parceiro Publicidade Imprensa Contato RSS